Crie um site como este com o WordPress.com
Comece agora

/blog

Canvas Ampliado

Nas aulas de Empreendedorismo Digital (porque atualização não é um “diferencial” – é necessário!), o modelo Canvas foi trabalhado. E achei excelente a versão Ampliada, do professor Marcelo Nakagawa. Existem muitos sites sobre administração que tratam muito bem sobre o tema: Business Model, e sobre o Canvas especificamente, que foi desenvolvido por Alexander Osterwalder – um suíço empreendedor, palestrante, consultor e teórico da administração. No vídeo abaixo, você conversa com ele um pouquinho! 😉 Então, não vou me repetir. Abaixo, alguns links relevantes que vão te ajudar a lidar com essa ferramenta adorada (e com razão) pelos profissionais da área,Continuar lendo “Canvas Ampliado”

Publicidade

A Marca

Vou cortar um pouco o ritmo do blog para inserir aqui um auxílio a pessoas incríveis que estão se dedicando a desenvolver seus negócios digitais, através do curso do Professor Cláudio Barcelos, do SENAC Araxá. Para colaborar com meus colegas de negócio, indico um artigo onde há a sugestão de 9 sites para desenvolvimento de marca. Cada site tem uma funcionalidade diferente ou alguma particularidade interessante. Alguns ajudam no naming (criar nomes), outros são para editar os desenhos, outros ainda ajudam a ter ideias. >>> https://www.hostinger.com.br/tutoriais/criar-logotipo-gratis Eu entrei em todos e achei a descrição de cada um muito pertinente. EntãoContinuar lendo “A Marca”

estilo, estilo meu

Sem rodeios: sem estilo, você é uma representação “despersonalizada” da moda. Não vou desenvolver o conceito de moda e o conceito de estilo porque existem profissionais muito mais competentes e com conhecimento acadêmico melhor estruturado do que o meu, que disponibilizam textos realmente interessantes (e corretos!) sobre essas definições. Mas resumindo, e para iniciarmos essa conversa, a moda é “temporal” – vai tratar da representação de uma sociedade em seu vestuário em um recorte específico de tempo. Pode retornar, pode ser revista, pode ir ao oposto do que já foi, mas vai tratar sempre de “recortes temporais”. O estilo estáContinuar lendo “estilo, estilo meu”

magritte

Em 2014, a Opening Ceremony (OC) desenvolveu uma coleção inspirada nas obras de René Magritte. Essa composição reproduz a pintura “Les Amants”, de 1928. Título: “Les Amants”Artista: René MagritteDimensões: 54 cm x 73 cmPeríodo: SurrealismoMaterial: Tinta a óleoCriação: 1928 Tattoo de Ivan Casabò, Espanha. Confesso a vocês que essa obra me veio à memória diversas vezes durante a pandemia… René Magritte, https://www.magritte.beOpening Ceremony, http://www.instagram.com/openingceremonyIvan Casabò, https://www.instagram.com/ivancasabo

A passarela é nossa!

Era uma vez uma garotinha que se achava horrorosa porque “não era branca, não era loira, não era rica”… Você pode substituir esses adjetivos pela sua realidade – porque é baixa demais, alta demais, sardenta, gorda, magra, e o que mais não couber dentro de um “padrão clássico de beleza” draconiano! Ninguém escapa do julgamento crudelíssimo de uma sociedade com conceitos de beleza alucinados e castradores desde que o mundo é mundo! Então essa garotinha cresceu (bom… eu cresci muito mesmo! 182cm!), sobrevivendo com o auxílio de “fugas mentais” (obrigada, meus livros queridos!), muitos ajustes das roupas que nunca caiamContinuar lendo “A passarela é nossa!”

nos cabides

Estou aqui às voltas com os temas para escrever por aqui. Lembro das fisionomias que assisto, desde nova, quando falo sobre moda… quanto preconceito há nessa esfera… “mulher bonita é burra”, “moda é coisa fútil”, e um mar imenso de ignorâncias que existem até hoje eu nem entendo como, já que temos acesso à informação suficiente para não replicarmos tais bobagens. Dá uma lida rápida nesse parágrafo: O setor têxtil e de confecção brasileiro tem grande destaque no cenário mundial, não apenas por seu profissionalismo, diversidade e tecnologia, mas também pelas dimensões de seu parque têxtil: é a sexta maior indústria do mundo, o segundoContinuar lendo “nos cabides”

café…

Você vai me encontrar, ao longo do dia, fazendo mil coisas. E eu vou parar todas elas para tomar café. Simples assim. Se eu não tivesse parado de desfilar (sim, isso aconteceu num passado remoto, em uma galáxia bem distante!) por entender que aquela não era uma realidade para mim, certamente eu teria parado… para tomar café. Café é importante. Vamos conversar? Ótimo: eu ou você vai passar o café? 🙂 Café nunca sai de moda. Foi dia NACIONAL do café, e fiquei confusa, porque datas comemorativas nacionais se confundem com as internacionais, e eu já tenho séria dificuldade deContinuar lendo “café…”

o quê

Entra que a casa é nossa e aqui a fala é livre! O quê vamos fazer aqui? Conversar, aprender, discutir, trocar ideias, experiências, e o que mais a comunicação virtual permitir. (Err… não, não vamos trocar nudes, gente… vamos zelar pelo decoro! Olha a compostura! 😀 ). Esse blog não é uma página para divulgação de cursos, ou monetizar conteúdo, e não vejo problema algum nisso (sou profissional de marketing… o dia que eu perceber problemas nesse tipo de ação, eu viro astronauta!…. Alguém da Nasa lê meu blog? Porque… neah?! Ninguém sabe o dia de amanhã! 😉 ). EsseContinuar lendo “o quê”

Receba novos conteúdos na sua caixa de entrada.

%d blogueiros gostam disto: